Muito além da Disney: O mercado de imóveis residenciais multifamiliares para rendimento em Orlando

Pedro Barreto - 04 de outubro de 2016

Várias cidades da Flórida, principalmente Orlando, estão se tornando alguns dos principais mercados norte-americanos de imóveis para rendimento, particularmente no modelo de propriedades residenciais multifamiliares (multifamily properties), que chegam a gerar rendimentos superiores a 12% ao ano para os investidores. Para demonstrar os fortes fundamentos desse mercado, trazemos neste artigo as perguntas mais frequentes dos nossos clientes, respondidas por uma das empresas líderes no segmento, a Avesta Communities.

E não paramos por aí: entre 8 e 11 de novembro, a Ativore traz ao Brasil os diretores-gerais da Avesta, Rachel Ridley e Bert de Alejo, para reuniões com investidores (em inglês). Nos encontros, que acontecem no Rio de Janeiro (RJ), Vitória (ES) e São Paulo (SP), serão apresentadas oportunidades concretas de investimento nesse sólido mercado. Para participar, basta nos enviar um e-mail para contato@ativore.com ou acessar nossas redes sociais.


Por que Flórida? Não é muito dependente do turismo?

O clima agradável e as atrações internacionais da Flórida encantam milhões de visitantes – só em Orlando, são 59 milhões por ano, um crescimento de 30% em relação a 2009. Com a recuperação econômica global e invernos cada vez mais rigorosos no hemisfério norte, a tendência de crescimento no turismo continua forte para os próximos anos. Portanto, sim, o turismo é muito importante – mas o que os investidores profissionais estão percebendo é que esse não é o único motor econômico da região.

Algumas áreas da Flórida já apresentam aumento populacional bem acima da média norte-americana e sólido crescimento de empregos. Em Orlando, projeções do U.S. Census Bureau apontam um verdadeiro boom populacional: quatro vezes maior do que a média nacional até 2020! No sudeste de Orlando, o aumento da oferta de trabalho projetado até 2040 é três vezes maior do que o esperado para a região metropolitana.

Esse crescimento é explicado por vários outros fatores além do turismo vigoroso. Há uma pujante diversificação econômica resultante de fortes movimentos migratórios de outros estados e grandes investimentos em infraestrutura, principalmente em Orlando: exemplos são a renovação do aeroporto, o SunRail (que vai conectar quatro cidades) e o desenvolvimento de Lake Nona (com faculdade de medicina, hospital e institutos de pesquisa), entre outros projetos.

Qual o impacto para o investidor em imóveis para rendimento?

Estamos falando de crescimento de população residente, não só visitantes. E quanto mais residentes, mais demanda por habitação e mais pressão sobre aluguéis. Lembrando que nos Estados Unidos há um movimento maciço de migração de casas próprias para aluguel, principalmente pelos “millennials” (geração Y), o que já está suficientemente documentado e representa uma mudança cultural com impacto direto na demanda por locação residencial nas próximas décadas.

Na Flórida, o aumento na demanda por aluguel em multifamily properties não está sendo acompanhado pela oferta: o setor é agora a segunda maior parcela de investimentos imobiliários de investidores institucionais, atrás apenas do setor de escritório.

Quem é a Avesta?

Com um sólido histórico de mais de 100 transações realizadas, a Avesta é proprietária e operadora de imóveis especializada em apartamentos para locatários de renda média. São mais de 11 mil unidades adquiridas, o equivalente a US$ 750 milhões em ativos e 27.500 residentes atendidos.

A empresa é verticalmente integrada, realizando aquisições, gerenciando construções e renovações, administrando as propriedades e desempenhando muito bem a gestão do portfólio. Seu diferencial é a abordagem respeitosa, ao defender os interesses de todos os impactados, dos investidores aos inquilinos.

Somente na região sudeste de Orlando, a Avesta investiu mais de US$ 200 milhões em 10 mil apartamentos, e possui uma equipe de 180 profissionais para atender investidores e residentes.

Comentários

Nenhum comentário para esse post.

Adicionar comentário

[custom-page-js]