Perspectiva pós-covid-19 | Mercado hoteleiro nos EUA: oportunidades únicas na vida

Ativore Global Investments - 16 de dezembro de 2020

Carlos Rodriguez, CEO da Driftwood Acquisitions – um dos maiores operadores do mercado hoteleiro nos EUA 

Vivemos uma recessão muito mais profunda que a de 2008 e que está afetando muito mais empresas e pessoas especialmente no setor de serviços e na indústria de turismo. Mas antes de tudo é preciso manter em mente que não há nada que possamos fazer a respeito do que aconteceu como resultado da pandemia. Isso não foi culpa de ninguém. O que importa é como reagimos a isso. Podemos ficar inertes e amargar a situação ou aproveitá-la para comprar ativos quando todos estão com medo e se livrando deles.

Aqui na Driftwood, especializada no nicho hoteleiro há mais de 20 anos, acreditamos numa retomada mais breve, por dois motivos: (1) há muito mais liquidez disponível, nos possibilitando tirar vantagem da situação e (2) com a chegada das vacinas, a recuperação poderá ser mais rápida, já que essa recessão não vem de problemas econômicos estruturais.

Mas como sobreviver na crise?

É essencial agir rapidamente, de forma arrojada e decidida: reduzir custos e folha de pagamento. O timing é fundamental para essas decisões. Além disso, é necessário se assegurar de que não há alavancagem excessiva e que os termos de dívidas são adequados. Ter capital de giro suficiente em todos os momentos é fundamental, além do relacionamento bem amigável com o gerente de banco, pois isso tem um valor inestimável em tempos de crise.

Pensar fora da caixa

Existem muitas maneiras de resolver problemas: seja criativo pensando na receita para aumentar…receita. Veja dois exemplos:

  1. Na recessão de 11 de setembro, quando ninguém estava viajando, mantive um dos meus hotéis cheios recebendo caminhões usados como pagamento em troca das estadias. Enviei esses caminhões para a Costa Rica, aluguei-os para a Pepsi Cola e depois vendi os contratos de aluguel para uma instituição financeira. Lotei o hotel, os caminhões viraram moeda para o meu cliente e fidelizei esse cliente para sempre.
  2. Em 2020, fiz um arrendamento de dois hotéis inteiros para o governo por um preço muito bom para usarem como quartos de quarentena para pacientes. Eles concordaram totalmente em esterilizar os hotéis depois. Mais uma vez, ao fazermos isso, conquistamos a boa vontade do governo em uma cidade onde os negócios dele representam uma grande parte dos negócios desses hotéis. Quando há uma turbulência, há uma oportunidade.

 

Acredito que 2021 seja um ano de oportunidades.

Estamos ativamente procurando oportunidades de compra, empréstimos e construções. Temos um perfil oportunista, buscamos ativos de valor agregado e essenciais e nos sentimos confortáveis em fazer aquisições pelos preços atuais, pois só investimos quando há potencial para retornos expressivos. Mas é preciso ser seletivo e disciplinado quando se está dando garantias e fazendo diligências. De qualquer modo, neste ano acredito que teremos oportunidade únicas na vida para investir nos EUA especialmente no setor hoteleiro.

Muitos hotéis acabarão falindo, mas é quando teremos a oportunidade de comprá-los por descontos muito grandes, que por sua vez, vão aumentar a oportunidade de lucros maiores.

 

Cenário atual de financiamento

Os bancos estão emprestando menos e a um custo maior, além de estarem sendo mais inflexíveis nas condições e garantias de empréstimo. Isso deixa espaço para grupos como o nosso oferecerem financiamento para quem precisa de capital para comprar ou manter um hotel.

 

Onde estão os melhores mercados agora

A busca pelo melhor mercado depende dos critérios de investimento e tolerância ao risco do investidor. Se a busca é por ativos oportunistas de alto risco, mas retornos elevados, vale olhar para os shoppings nos centros urbanos, porque são quem está mais sofrendo e terão os descontos maiores, mas, da mesma forma, darão os retornos mais altos quando a economia voltar. E ela vai voltar.

Para quem é mais avesso ao risco, procure negócios em locais AAA com fortes barreiras à entrada e em mercados de rápido crescimento, pois agora é possível fazer negócios que não seriam possíveis em outras épocas.

Aqui na Driftwood, na área de construção, atualmente buscamos locais de resort e hotéis para estadias prolongadas em áreas com fortes barreiras à entrada. Também estamos procurando regiões onde o governo local nos dê um incentivo econômico para investir. Na aquisição e no financiamento privado, procuramos mercados bons e fortes que estão crescendo, mas aqui somos mais oportunistas. O dinheiro é ganho na compra, pois é preciso comprar pelo preço certo para realmente ter um lucro expressivo.

 

Tendências advindas da pandemia

Em novos hotéis, incorporamos mais espaços ao ar livre e adicionamos recursos tecnológicos para fazer o check-in remotamente e oferecer um melhor atendimento à distância, porque a preocupação com a limpeza e o saneamento veio para ficar.

As ligações via Zoom são uma tendência, mas as pessoas têm necessidade de criar memórias e viajar para encontrar familiares e amigos ou criar laços pessoais mais próximos com os clientes. Isso nunca vai mudar. Com mais tecnologia, as pessoas terão mais liberdade para viajar e trabalhar de qualquer lugar do mundo. A pandemia criou uma interrupção temporária e um efeito de “febre de viajar”. Quando isso acabar, as viagens serão retomadas e eu diria que veremos um pico na demanda.

Com Biden como presidente, prevemos mais impostos, mas uma presidência mais estável e mais aberta à imigração e aos estrangeiros que visitam os EUA. Por todas essas razões e muitas outras, eu acredito firmemente no mercado imobiliário neste país e na indústria hoteleira em particular.

Sobre se as taxas de juros, a guerra comercial com a China e a segunda onda covid-19

Não vejo as taxas de juros subindo no futuro previsível. O Federal Reserve foi muito explícito sobre isso. Acredito que com Biden os atritos com a China vão diminuir. Sobre o novo coronavírus, tenho muitas esperanças para as vacinas e todos os novos tratamentos e testes que estão sendo lançados. Portanto, em geral, estou muito otimista.

Os próximos anos proporcionarão retornos incríveis para aqueles que começarem a investir agora. Pessoalmente, estou totalmente comprometido a investir nos fundos que lançamos para tirar proveito da situação atual. Eu acredito que é uma oportunidade única na vida.

Para os investidores brasileiros, devo dizer que os impostos são uma questão significativa. Portanto, é preciso estruturar o investimento da maneira certa. A Ativore definitivamente pode ajudá-lo a fazer isso. Com a estrutura certa, não consigo pensar em melhor momento para investir em hotéis nos EUA. Estou extremamente entusiasmado com a oportunidade que está à nossa frente.

 

Quer entender como você pode diversificar seu patrimônio nos EUA? Clique abaixo para falar diretamente com um assessor via WhatsApp.

Botão - Fale com assessor

 

Ativore Private Investments

Fundada em 2012 para atender ao crescente interesse do segmento private pela por ativos no exterior com risco-retorno atrativos e rendimentos em dólar, a Ativore Private Investments presta serviços completos de assessoria ao investidor, com foco em fundos imobiliários privados nos EUA.

Somos pioneiros ao combinar a tecnologia de uma plataforma de investimentos alternativos no exterior para investidores de alta renda, com a conveniência do gerenciamento centralizado das suas obrigações fiscais, legais e sucessórias.

Saiba mais →

mercado hoteleiromercado hoteleiro

Comentários

Nenhum comentário para esse post.

Adicionar comentário