As razões para investir em imóveis da área de saúde

Ativore Global Investments - 12 de fevereiro de 2019

Por Martin Freeman*

O segmento de imóveis comerciais na área de saúde é um nicho especializado que tem despertado grande interesse dos investidores nos últimos anos. Diversos relatórios, como o DLA Piper Market Survey para 2018, classificaram esse segmento como o mais atraente para os investidores, com 56% de aprovação. A previsão da OrbVest, empresa sul-africana com foco em investimentos em imóveis comerciais na área médica nos EUA, é de que o setor vai crescer ainda mais nos próximos 10 anos.

Por que investir nesse nicho?

Edifícios com consultórios médicos são geralmente usados por profissionais independentes da área de saúde, que oferecem serviços especializados como exames de imagem, patologia, diálise, oncologia, atendimento ao idoso e outros serviços de saúde beneficiados pela tecnologia.

Esses prestadores de serviços não têm a mesma sobrecarga de atendimento dos hospitais, e podem oferecer uma abordagem mais personalizada e focada no paciente, além de normalmente estarem localizados em áreas mais próximas às suas residências. Apoiado pelo crescimento demográfico e envelhecimento da população, esse é um segmento imobiliário para renda que está crescendo como resultado da tecnologia disruptiva, que está migrando pacientes das tradicionais redes hospitalares para um tratamento mais conveniente e econômico.

“Estamos à beira de uma revolução e um aumento sem precedentes no atendimento médico personalizado e inteligente. As tecnologias transformadoras, o sequenciamento do genoma e a inteligência artificial, entre outros fatores, trazem um poder incrível ao diagnóstico, descoberta de medicamentos e terapia genética, e terão um grande impacto na longevidade e nas instalações de atendimento a idosos. Estamos bem posicionados para ser o fornecedor preferencial de infraestrutura de saúde de nova geração”, comenta o presidente do Comitê de Investimentos e fundador da OrbVest, Hennie Bezuidenhout.

Em sua maioria, esses imóveis estão situados em centros ou áreas adjacentes a outros centros médicos ou hospitais. Porém, de acordo com a OrbVest, cada vez mais a demanda está sendo criada nos subúrbios, onde o serviço dos consultórios é conveniente e acessível.

Inquilinos estáveis

De modo geral, médicos são inquilinos de boa qualidade, muitas vezes apoiados por grandes financiamentos de planos de saúde do governo e companhias de seguro saúde. Têm, portanto, saúde financeira sólida e, estatisticamente, menor probabilidade de inadimplência. Além disso, como precisam de infraestrutura e equipamentos especializados (muitas vezes, seus serviços se correlacionam com os de outros inquilinos médicos no mesmo edifício), esses inquilinos assinam contratos de longo prazo, o que favorece a permanência em um único local, sem grandes chances de mudanças repentinas.

Tendência de aumento da demanda

 Uma pesquisa da segmentação de população das Nações Unidas mostra que, em 43 países, a expectativa de vida média é, atualmente, acima de 78,8 anos. Entre esses países, estão EUA, Reino Unido, Europa, Nova Zelândia, Austrália, Israel, Cingapura, Japão, Islândia, Canadá e Coreia do Sul. Quando as gerações X, Y e Z precisarem de assistência médica, haverá uma explosão na demanda por serviços de saúde, o que já está acontecendo.

Sendo assim, o cenário é promissor. E identificar as oportunidades no segmento de imóveis comerciais na área de saúde certamente trará retornos ao investidor que deseja diversificar seu patrimônio.

*Martin Freeman é co-fundador e CEO da Orbvest

Comentários

Nenhum comentário para esse post.

Adicionar comentário

[custom-page-js]